Diálogo X Trabalho em equipe

Publicado em 04 novembro 2014

3 comentários

Os traços de personalidade costumam variar muito de pessoa para pessoa, mas, em geral, raramente são percebidas mudanças significativas de estilo ou de comportamento de um mesmo líder ou governante ao longo do tempo. As exceções costumam acontecer em épocas especiais, quando as nações enfrentam grandes crises ou adversidades de muito impacto, como guerras, epidemias ou revoltas, por exemplo. Nestes casos, um mesmo governante, investido do espírito de estadista, pode modificar seus hábitos e costumes para melhor se adaptar às exigências de situações supervenientes e atender de forma mais eficiente as necessidades das populações sob seu comando.

Entendo ser exatamente esse o caso da situação brasileira no presente momento, por conta da polarização criada durante o processo eleitoral e, também, pelas dificuldades que teremos que enfrentar no quadro econômico imediato. Felizmente, enxergo alguns fatores positivos nesse particular, uma vez que a presidente reeleita enfatizou muito durante a campanha, palavras como "mudanças" e "reformas", tudo isso sintetizado no slogan "governo novo, idéias novas". Além disso, a mídia nacional tem destacado a circunstância de que a presidente pretende ativar um diálogo permanente e cooperativo com os diversos segmentos do setor produtivo, diálogo esse que se estenderia também aos integrantes de sua própria equipe de governo. O noticiário produzido nos últimos dias resume essa vontade presidencial na idéia de que serão construídas "pontes" entre a administração e os agentes econômicos e entre a própria presidente e os membros da equipe que ela vier a recrutar para ajudá-la na transposição das turbulências conjunturais e na governança do país.

Todas essas são premonições de bom augúrio, de que teremos um segundo mandato com características menos centralizadoras, com menos intervenção governamental nos mercados e em sua lógica própria de funcionamento, bem como com a prática de diretrizes funcionais que privilegiam o trabalho em equipe. Esse último aspecto é um pouco mais complexo do que se poderia vislumbrar em leitura mais apressada. De fato, para ser eficiente e produtivo, o funcionamento da máquina governamental teria que buscar um paradigma nas técnicas modernas de gestão, organizando um sistema de "governança corporativa", que inclua, principalmente, os instrumentos de delegação e controle. Nunca é demais lembrar que os diversos estamentos da estrutura governamental precisarão ter autonomia e poder de decisão, ainda que submetidos a regras de controle e lealdade. Sem esses ingredientes, mesmo favorecida com o diálogo interno, a equipe de governo torna-se fraca, perde motivação e passa a desfrutar de baixa credibilidade por parte da população e dos investidores.
  • COMPARTILHE:

3 comentários para "Diálogo X Trabalho em equipe "

EDSON JOSÉ SOUTO
EDSON JOSÉ SOUTO disse: 05 novembro 2014
OS HOMENS VIVEM DE AÇÕES QUANTO AS CRISES SEMPRE EXISTIRAM ENTÃO TEMOS QUE NOS DAR O MÁXIMO PARA ALCANÇARMOS O TOPO DO SUCESSO. FAZER O QUE GOSTA E SEMPRE ACOMPANHAR AS TENDÊNCIAS .
Atendimeneto MRV Engenharia
Atendimeneto MRV Engenharia disse: 05 maio 2016
Boa tarde Elton, tudo bem? Você poderia, por gentileza, tentar novamente? Um abraço, Mr.V.
Imobiliária Balneário Camboriú
Imobiliária Balneário Camboriú disse: 08 novembro 2014
Verdade!!
Agora que acabaram as eleições, mesmo que o governo atual tenha sido reeleito, esperamos melhoras!

Abraços
Neusa Helena Varoli dos Santos
Neusa Helena Varoli dos Santos disse: 03 dezembro 2014
sou cliente Sr. Rubens Menin, sou cliente MRV e gostaria de poder me comunicar com o Sr. diga-me como posso fazer isso, é sobre a MRV. QUE PRESO MUITO, tenho orgulho de ser proprietária de um AP. sei que o SR. não deixa um cliente sem resposta.


Atenciosamente
Neusa

Deixe uma resposta O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Reforma da Previdência

Publicado em 09 agosto 2017

A Reforma da Previdência voltou a ser o assunto do dia, embora ela nunca tivesse perdido a importância, mesmo quando eclipsada por episódios políticos cobertos pela imprensa com mais sensacionalismo. Na realidade, a nação precisa encarar esse desafio de frente, equilibrar o sistema e garantir a sua perenidade antes que a ruína se torne inevitável.A hesitação dos nossos congressistas e da representação política diante do Projeto de Emenda Constitucional enviado pelo governo para apreciação do...
Leia mais »

Uma Omissão Imperdoável

Publicado em 21 junho 2017

O empresariado brasileiro é composto, em sua grande maioria, por lideranças responsáveis e comprometidas com os princípios da ética e da cidadania que fazem prosperar uma nação. Por isso, seria natural que essa parcela preponderante – isoladamente ou por meio das entidades de classe – se manifestasse em todas as oportunidades em que esse padrão de comportamento deixasse de ser observado em alguma ocasião especial, por qualquer agente importante. No entanto, estamos vivendo uma dessas ocasiões,...
Leia mais »

O Indispensável Estado de Direito

Publicado em 08 junho 2017

Os constituintes de 1988 tiveram o cuidado de destacar na nossa Carta Magna as assim chamadas “cláusulas pétreas”, ou seja, os dispositivos permanentes que não podem ser eliminados ou substancialmente alterados, nem mesmo por Emenda Constitucional, ainda que esta venha a tramitar regularmente no Congresso Nacional. Não inovamos neste aspecto. Pelo contrário, esse cuidado tem sido observado em muitas outras circunstâncias e países. No nosso caso, cuidamos de proteger disposições importantes,...
Leia mais »

Operação Carne Fraca: Lições e Reflexões

Publicado em 20 março 2017

Quando se preparavam para encerrar mais uma semana nesta atribulada temporada, os brasileiros foram surpreendidos pelas notícias de uma mega operação deflagrada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, na última sexta-feira, sob o codinome de “Carne Fraca”. O alcance dessa operação, todos já conhecem: foram mobilizados mais de 1.100 agentes policiais em diversos estados e executados 309 mandados judiciais, incluindo prisões preventivas, prisões temporárias e conduções coercitivas, além...
Leia mais »

Manifestação de Confiança

Publicado em 31 outubro 2016

1 comentários

Ou, trocando em miúdos: "A maior indústria do Brasil passa por seu pior momento, mas existe uma luz no fim do túnel".Este ano de 2016 está sendo particularmente difícil para a indústria da construção civil brasileira. Evidentemente, esse setor não poderia passar ao largo da intensa crise financeira que assola o país, decorrente de um profundo e irresponsável desequilíbrio fiscal e que vem gerando, como conseqüência, recessão, descapitalização, perda generalizada de renda e desemprego. Ninguém...
Leia mais »